Procurar
Feche esta caixa de pesquisa.

Desvendando os segredos do fertilizante de algodão: um guia abrangente

Desvende os segredos para aumentar o rendimento do algodão com o nosso guia sobre a utilização ideal de fertilizantes para um crescimento saudável e colheitas abundantes.

O algodão é um tipo de planta arbustiva cultivada para obter fibras e sementes. Alguns dos tipos de algodão populares são o algodão herbáceo, o algodão herbáceo e o algodoeiro. Esta planta dicotiledônea prospera em regiões quentes e úmidas. A planta tem baixa tolerância à geada e, portanto, só pode ser cultivada em regiões quentes ou em estufas internas. 

Isso requer fertilizantes rico em nitrogênio, potássio e fósforo com zinco e cálcio. A falta de qualquer um desses minerais pode levar a plantas pequenas com pouca ou nenhuma cápsula (parte fibrosa da planta).

Se você está planejando cultivar algodão ou deseja levar a colheita do algodão a um novo nível, discutiremos as melhores formas de aplicação de fertilizantes de algodão. Continue lendo para aprender mais.

Como cultivar algodão a partir de sementes?

Como cultivar algodão a partir de sementes

As plantas perenes de algodão podem ser cultivadas com sementes. Mesmo quando são perenes, podem ser cultivadas durante todo o ano, tendo em conta os cuidados necessários. As sementes da melhor qualidade sempre gerarão bons rendimentos nas circunstâncias certas.

O algodão é geralmente semeado na primavera e colhido no outono, pouco antes de chegar o inverno gelado. A preparação do solo e o manejo dos nutrientes são altamente essenciais no cultivo do algodão.

Requisitos climáticos do algodão

As plantas de algodão gostam de temperaturas entre 70 e 100 graus F. A temperatura deve ser quente desde a fase de muda, pois a germinação pode diminuir em baixas temperaturas. Uma queda de temperatura de dez graus pode reduzir o rendimento. É assim que as culturas de algodão podem ser sensíveis.

Outro requisito essencial é manter os níveis de umidade. Chuvas muito fortes e frequentes podem destruir a colheita. Por isso, é semeado e cultivado no verão e colhido logo antes do frio.

Preparação e necessidades do solo de algodão

As plantas de algodão precisam de solo bem drenado e argiloso para crescer. O solo deve conter matéria orgânica e ser rico em nitrogênio, cálcio e fósforo. Para drenar bem o solo, pode-se dar uma inclinação ao campo para obter melhores resultados.

O campo pode ser preparado no outono, após a colheita do lote anterior. Comece a arar até 14 polegadas para remover solo sólido e manter uma textura macia. Certifique-se de tomar medidas para prevenir o crescimento de ervas daninhas, pois o algodão não prospera com ervas daninhas no mesmo campo. 

Quais são as recomendações nutricionais para plantas de algodão 

Recomendações nutricionais para plantas de algodão

Cada estágio do crescimento da planta requer uma certa quantidade de fertilizante para dar o rendimento desejado. Tendo isso em mente, a aplicação de fertilizantes pode ser estendida aos estágios de crescimento para obter uma produção elevada. Discutiremos as demandas nutricionais das plantas de algodão e como suas deficiências podem impactar o crescimento e a produtividade. 

Requisitos de nitrogênio

O nitrogênio impacta o rendimento da colheita; portanto, deve ser usado na quantidade certa. Porém, a exigência dependerá do tipo de solo e do seu perfil nutricional. De acordo com Serviço de extensão Texas AgriLife, use 50 libras em um hectare de terra. 

Deficiência de nitrogênio 

Se a planta não receber bastante nitrogênio, os capulhos reduzirão em quantidade e também em peso. A quantidade de sementes de algodão também diminuirá devido à deficiência de nitrogênio. Isso torna o nitrogênio essencial durante a fase de semeadura e escoamento. 

As plantas terão uma altura menor com folhas amarelas. Além disso, as folhas e caules podem desenvolver uma tonalidade avermelhada.

Requisitos de cálcio 

As plantas de algodão podem consumir de 27 a 62 libras de cálcio por fardo. O cálcio ajuda no desenvolvimento das raízes e das folhas. Além disso, o uso de nitrato de cálcio aumentará a atividade enzimática enquanto neutraliza os ácidos da planta e do solo. O cálcio ajuda na redução do nitrato-nitrogênio para que a planta possa crescer até uma altura suficiente. 

Você pode adicionar micronutrientes como zinco, ferro e boro ao solo com a ajuda da fertirrigação. Você pode usar nitrato de cálcio com fósforo para fertirrigação. Esses fertilizantes reagirão para formar fosfato de cálcio A, que será insolúvel. No geral, o nitrato de cálcio funciona como um fertilizante rápido durante a época de cultivo. 

Sinais de deficiência de cálcio 

Devido à falta de cálcio, a planta pode ter um sistema radicular deficiente. As raízes podem começar a apodrecer e ficar pretas, não atendendo às necessidades nutricionais. Isso pode resultar em folhas gelatinosas e cápsulas de baixo volume. 

Para melhorar o teor de cálcio, gesso e fosfato natural podem ser adicionados ao solo. 

Requisitos de potássio

O potássio torna os capulhos mais ricos em fibras e fortes para que possam sobreviver até a época da colheita, de agosto a outubro. Além disso, a necessidade de potássio aumentará durante a fase inicial do capulho.

De acordo com Estudos do Instituto Internacional de Potassa, adicione 3-5 kg de potássio por hectare às plantas de algodão. Claro, a quantidade será alterada de acordo com o perfil nutricional do solo. No entanto, o algodão apresenta elevadas necessidades de potássio durante a fase de sementeira e crescimento. Usando um Fertilizante NPK é a melhor maneira de fornecer os nutrientes certos.

Deficiência de potássio na cultura

A deficiência de potássio pode manifestar-se como alta umidade no solo, aumentando assim a temperatura da superfície das folhas. Além disso, o rendimento pode diminuir com capulhos menores e menos fiapos nos capulhos. Além disso, a resistência da fibra também diminuirá, levando ao murchamento das colheitas. 

Fertilizando Plantas de Algodão

Fertilizando Plantas de Algodão

Antes de começar a fertilizar as plantas, considere o clima e o tipo de solo da sua região. Faça um teste de solo para aprender sobre os minerais do solo e os que estão faltando. Diagnosticar as deficiências de nutrientes garantirá o uso dos fertilizantes certos em quantidades adequadas. 

As plantas de algodão requerem nitrogênio e potássio para crescer. A quantidade de nitrogênio necessária será o dobro do potássio necessário. Então você pode optar pelo fertilizante NPK em uma 20-10-10 ração. Você pode adicionar 200 kg deste fertilizante NPK por hectare de terra durante a época de semeadura. Adicione a mesma quantidade de fertilizante na época de floração, no final da primavera ou início do verão.  

Ao usar nitrato de amônio, adicionar 250 kg na fase de semeadura. Combine isso com 181 kg de NPK (0-46-0) e Fertilizante NPK (0-0-50) por hectare de terra. Você pode dividir as quantidades de aplicação para uma fertilização conveniente. Sempre considere o estado atual do solo, o clima e as necessidades da colheita e altere as quantidades conforme necessário. 

Cronograma de alimentação foliar e fertilização para plantas de algodão

As plantas de algodão que recebem fertilização adequada produzirão cápsulas fibrosas de algodão.

Crescimento Vegetativo

Adicionar nutrientes adicionais ao solo pode garantir que as plantas não murcham durante o período de descanso. Também pode ajudar em condições de alto estresse. Certifique-se de adicionar fertilizantes N, P e K de acordo com a cultura e o terreno. Se você estiver usando um spray, aplique 20-25 gramas por litro de água entre o repouso e o período de crescimento, em intervalos de uma ou duas semanas. O resultado será melhor qualidade das plantas e quadraturas no campo. 

Melhorando o Desenvolvimento de Boll

A próxima etapa crucial é estimular o desenvolvimento do capulho e seu peso. Além da fertilização, é crucial reduzir as pragas e eliminar as doenças do parafuso. Use potássio junto com boro e nitrogênio para obter melhores fiapos na cápsula e deter pragas. 

Um spray de potássio de 20 gramas em um litro de água com 0,1% de bórax funcionará muito bem para o peso do capulho. Além disso, considere as instruções de fertilizantes na embalagem ao usar sprays ou fertilizantes granulados. 

Crescimento e rejuvenescimento das plantas 

Após a primeira fase de crescimento vegetativo, pode-se reavivar a mesma cultura para a segunda e terceira safras. Usar fertilizante rico em potássio sobre a colheita na proporção de 15 gramas para um litro de água. Faça isso depois que as cápsulas começarem a crescer e estiverem no estágio de desenvolvimento das fibras. Continue usando 2 a 3 pulverizações em intervalos de 8 a 10 dias. Este cronograma também pode ser seguido quando a floração das plantas já tiver começado. 

Cronograma de fertilizantes (kg/ha)

Aqui está uma programação recomendada para plantas de algodão: 

Fertilização basal: Você pode iniciar a fertilização basal com fósforo na forma de SSP (375 kg), sulfato de zinco (50 kg) e esterco orgânico de quintal (10-12 toneladas). Certifique-se de não usar sulfato de zinco com SSP, pois eles podem reagir juntos.

Primeira Cobertura: A primeira cobertura será de 10 a 15 dias após a semeadura. Use cerca de 30 kg de Nitrato de cálcio.

Segundo Top Dressing: Use 90 kg de Uréia e 35 kg Muriato de Potássio (MOP) 30 dias após a semeadura.

Terceiro curativo: Use 35 kg Muriato de Potássio (MOP) e 100 kg de uréia aos 60 dias após a semeadura.

Quarta Cobertura: Após 90 dias da semeadura, utilizar Uréia e Muriato de Potássio na mesma quantidade da segunda e da terceira cobertura. 

Empacotando

É fácil cultivar algodoeiros em climas úmidos e quentes com a rotina de fertilização correta. As plantas não se dão bem na região gelada. Uma maneira de obter a temperatura ideal é cultivar plantas dentro de casa nos meses gelados. 

Com base nas necessidades de fertilizantes mencionadas acima, você pode garantir um bom rendimento das culturas de algodão. Um fertilizante NPK de alta qualidade com magnésio fornecerá os nutrientes essenciais às plantas. Obtenha seus fertilizantes de um vendedor certificado de fertilizantes para cuidar das plantas sem esforço e alto rendimento. 

Artigos Durados para Você

Pessoa segurando um recipiente com terra e luvas, dos 10 principais produtores de fertilizantes orgânicos

Os 10 principais produtores de fertilizantes orgânicos

Conheça os principais produtores de fertilizantes orgânicos em 2024. Conheça a história, os produtos e as inovações para escolher a melhor solução sustentável para suas necessidades.

Dois trabalhadores em uma fábrica que processa fertilizante de aminoácidos amarelo

Os 15 principais fabricantes de fertilizantes de aminoácidos nos EUA

Explore os 15 principais fabricantes de fertilizantes de aminoácidos nos EUA, incluindo HANS Chem, Aminocore e outros, para melhorar o crescimento, o rendimento e a sustentabilidade das culturas.

Mirtilos crescendo perto de uma janela destacada no Guia para fertilizar plantas de mirtilo

Um guia para fertilizar plantas de mirtilo

Aprenda como fertilizar plantas de mirtilo com este guia completo. Descubra os melhores fertilizantes e dicas para um crescimento saudável e colheitas abundantes.

pt_PTPortuguese